sexta-feira, 4 de setembro de 2009

Saying bye bye to Jeannie


E aí, na hora de dormir me subiu uma certa raiva pela história da Jeannie (ver próximo post, haha). Comecei a pensar em escrever um e-mail malcriado para ela, apontando suas falhas e desejando que ela encontrasse amigas como ela daqui pra frente.

Então comecei a pensar que estou cansada de toda a mágoa dessa história- que dura anos- e que esses sentimentos só fazem mal. Inspirada pelas coisas em que eu acredito, resolvi fazer uma visualização/mentalização.

Fecho os olhos e imagino...

Eu e Jeannie, nos encontrando num deserto (? Não me perguntem). Nos olhamos, sorrimos, e eu digo:

- Que bom que você veio, amiga. Sei que também devo ter te decepcionado muito, mas nós mudamos muito e não conseguimos mais nos entender ou ter as mesmas visões. As pessoas aparecem e passam pela nossa vida, e as amizades duram o tempo que tem que durar; enquanto trazem bons sentimentos. Você foi muito importante para mim e eu fui muito importante para você, por isso quis vir aqui para me despedir e agradecer.

Ela sorri e eu também. Não me sinto triste, mas conformada.

Cada uma põe a mão no coração, e tiramos a parte escurecida e magoada dele. Pegamos nossa mágoa, nossa raiva, nossas decepções e tudo de negativo e esprememos com as mãos. Observamos aquilo virar areia e sair voando com o vento, até desaparecer.

Sorrimos e nos abraçamos, um abraço educado e cordial. Nos olhamos uma última vez, sorrimos e seguimos, cada uma para seu lado.

Na cama, eu REALMENTE sinto meu coração mais leve. MUITO mais leve. Respiro sem dor, respiro fácil, posso prosseguir.

Sorrio, agradeço e durmo.

3 comentários:

Tatá disse...

Especial querida, muito especial

andreiaaa disse...

benditas somos nós, mulheres de bem!

Nina disse...

Ah... Estou precisando de uma visualização dessas... Tô em um momento tão difícil!

(Tudo de bom pra vc e que sua vida e a da menininha sigam em paz!)